Conservadores planejam protesto em massa contra a censura do Facebook - em 30 de Maio 2019

Conservadores planejam protesto em massa contra a censura do Facebook - em 30 de Maio 2019

No dia 30 de Maio de 2019, milhares de americanos que apoiam a liberdade de expressão e a Primeira Emenda dos EUA, pretendem se reunir em frente à sede do Facebook em Menlo Park, Califórnia, para protestar contra as políticas de censura em massa causada pela a gigante de mídia social, que censurou milhares de pessoas e grupos, que questionam as narrativas do poder. Seja como for temos que buscar nossos direitos de liberdade de expressão, temos que apoiar aqueles que lutam por nós e nossos filhos. - Quem não é contra nós, está por nós!

O Início da luta pela liberdade de expressão começará às 9h, e se reunirão no Hotel Nia, localizado na Independence Drive, em Menlo Park, para chamar o maior numero de atenção das pessoas durante a assembleia anual de acionistas do Facebook - o objetivo é ser solidário com aqueles que foram e são censurado pelo Facebook nos últimos anos. 

Segundo as informações muitos estão convidando seus seguidores a trazer assobios, buzinas e outros objetos de fazer barulho para a manifestação, que os presentes usarão para fazer com que suas vozes sejam ouvidas pelo maior número possível de pessoas. 

“Lute pela liberdade de expressão - antes que eles silenciem VOCÊ!” California Rising acrescentou sobre a importância deste evento. 

Ironia: Facebook censurou Michelle Malkin por falar sobre censura no Facebook 


Um a um nos últimos anos, os conservadores viram-se na lista negra, suspensos e até mesmo banidos permanentemente, simplesmente por se engajarem em discursos considerados pelo Facebook como “politicamente incorretos” bem como em outras plataformas semelhantes como Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Recentemente, Michelle Malkin, uma voz conservadora bem conhecida e respeitada, teve um de seus posts do Facebook censurados e removidos , entenda isso, discutindo o fato de que o Facebook está censurando e removendo mensagens de usuários. 

"Falei apaixonadamente sobre a plataforma no CPAC (Conferência de Ação Política Conservadora) e fiz o possível para usar minha voz para falar pelos sem voz", escreveu Malkin na postagem do Facebook, que foi excluída por violar as postagens do Facebook. “Padrões Comunitários”. 

"Qualquer um e todo mundo que se recusa a determinada condição perante a agenda de justiça social que impõe a regras é 'PERIGOSO'", acrescentou ela sobre as táticas de censura do Facebook, que também levaram Laura Loomer e Gavin McInnes a ter contas no Facebook e no Instagram censuradas. Instagram é agora propriedade do Facebook - permanentemente removido.

Notícia Em: / /

Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais