Confirmado - As vacinas contra sarampo matam mais crianças do que o sarampo

Com toda a loucura da indústria das vacinas juntamente com os globalistas da Nova Ordem Mundial com sua agenda de extermínio populacional da agenda 21 / 30 da ONU , e com a mídia convencional manipuladora de massas, dizem nos todos os dias que …

Confirmado - As vacinas contra  sarampo matam mais crianças do que o sarampo

Com toda a loucura da indústria das vacinas juntamente com os globalistas da Nova Ordem Mundial com sua agenda de extermínio populacional da agenda 21 / 30 da ONU, e com a mídia convencional manipuladora de massas, dizem nos todos os dias que esta ocorrendo uma epidemia de sarampo, no qual não se pode julgar verdadeiro como epidemia.  De acordo com dados oficiais do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA , nem uma única pessoa morreu ao ser infectada pelo sarampo em mais de 15 anos. Por outro lado, é um fato inegável que pelo menos 100 pessoas morreram em conseqüência do recebimento da vacina MMR contra sarampo, caxumba e rubéola, essa é a que  nos foram dito pelas autoridades de saúde do sistema de governo, que devemos nos vacinar para nos "proteger' contra o sarampo. 

Quem tem prestado atenção e buscado as informações correta tem observado que , a vacina MMR é realmente muito mais perigosa do que o próprio sarampo, de fato o artigo de Brian Shilhavy editor da Health Impact Newsestá, um gráfico mostrando como a taxa de mortalidade do sarampo que havia caído para quase zero por volta de 1950 - mais de uma década antes da primeira vacina contra o sarampo ter sido introduzida em 1963 - algo que consta totalmente com esse documentário de 1998, no qual uma pesquisadora mostra um gráfico das taxas de doenças que tinha caído, e logo apos a introdução das vacinas, começaram a subir novamente, recomendo que o assista com atenção: DOCUMENTÁRIO DE 1998 MOSTRA A REAL HISTORIA DAS VACINAÇÕES EM MASSA ;SERÁ QUE REALMENTE TE PROTEGE ?

Em 2014, o diretor do CDC do Centro Nacional de Imunização e Doenças Respiratórias disse à agencia de noticias Associated Press, que não houve uma morte associada ao sarampo desde 2003. Essa afirmação foi confirmada mais recentemente pela Divisão de Doenças Virais do CDC, que novamente renovou em um e-mail que não houve mortes associadas ao sarampo nos EUA desde 2003.

É importante também ter em mente que mesmo as poucas mortes relatadas em 2003 e anteriores podem não ter sido causadas pelo sarampo, já que o CDC rastreia apenas as mortes que coincidem com as infecções por sarampo. Recomendado: As burocracias da medicina convencional suas farsas e ilusões

“Os relatórios semanais de morbidade e mortalidade do CDC (MMWR) desde aquela data também não revelaram nenhuma morte por sarampo”, explica Brian Shilhavy, editor da Health Impact News , sobre dados de apoio do CDC mostrando que o sarampo é basicamente inofensivo e não é mais sério do que o resfriado comum. Recomendado: Pesquisa do governo confirma que surtos de sarampo são transmitidos pelos vacinados

As taxas de mortalidade por sarampo já haviam caído para quase zero ANTES que a indústria de vacinas introduzisse a primeira vacina contra o sarampo em 1963


“Antes da introdução das vacinas contra o sarampo na década de 1960, quase todas as crianças contraíram sarampo antes da adolescência, e os pais e médicos aceitaram o sarampo como 'parte mais ou menos inevitável da infância'”, explica Child Health Defense (CHD). grupo de defesa da liberdade infantil que está atualmente no processo de processar a Merck & Co., fabricante da vacina MMR, por falsificar dados sobre a alegada segurança e eficácia da vacina.

“Nos países industrializados, a morbidade e mortalidade do sarampo já eram baixas e declinavam, e muitos especialistas questionavam se uma vacina era necessária ou se seria usada”.

Certifique-se de ler o relatório completo da CHD ( Em Defesa da Saúde da criança) sobre sarampo, imunidade natural ao sarampo e a fraude total que é a vacina MMR.
Publicidade

Notícia Em: / / / / / / /


Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais