Mark Zuckerberg vai se unir com a indústria de vacinas mortais para censurar os posts que questionam a segurança das vacinas da Grande Pharma

Uma suposta crise de sarampo chamou a atenção do deputado Adam Schiff, que enviou uma carta ao diretor executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, e ao chefe do Google

Uma suposta crise de sarampo chamou a atenção do deputado Adam Schiff, que enviou uma carta ao diretor executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, e ao chefe do Google, pedindo que resolvesse o problema de informações de anti-vacinas em suas plataformas, ou seja CENSURA. Culpando diversos surtos recentes de sarampo sobre a prevalência de “informações anti-vacina” on-line, Adam Schiff acredita que agora é o trabalho do Facebook direcionar ativamente os usuários apenas para conteúdo pró-vacina, a fim de manter as pessoas “protegidas”.

Há fortes evidências que sugerem que pelo menos parte da fonte dessa tendência é o grau em que informações medicamente inexatas sobre as vacinas surgem nos sites onde muitos americanos obtêm suas informações", disse Schiff, dizendo Nenhuma das supostamente "fortes evidências" que ele diz prova que surtos de doenças são causados ​​por pessoas que leem informações alternativas sobre vacinas no Facebook.

"Os algoritmos que potencializam esses serviços não são projetados para distinguir informações de qualidade de informações falsas ou enganosas, e as consequências disso são particularmente preocupantes para questões de saúde pública", acrescentou ele, inferindo que a "todas as vacinas são seguras e eficazes" representa a narrativa. a única “informação de qualidade” sobre vacinas.

Facebook responde dizendo que já está trabalhando em novas maneiras de censurar conteúdo anti-vacinas


Em resposta, o Facebook disse que está "explorando medidas adicionais para melhor combater o problema", de acordo com um comunicado da empresa. Isso pode incluir "reduzir ou remover esse tipo de conteúdo de recomendações, incluindo grupos que você deve participar e rebaixá-lo". resultados da pesquisa, além de garantir a disponibilidade de informações de maior qualidade e mais autoridade. "

O Google, que não respondeu imediatamente a canta de Adam Schiff, já toma medidas semelhantes. No mês passado, o YouTube do Google desfraldou uma mudança na forma como recomenda vídeos - um sistema automatizado que tem sido criticado por promover desinformação. O YouTube disse que começaria a cortar vídeos com "conteúdo limítrofe" que "desinformariam os usuários de maneira prejudicial" de seu sistema de recomendação. A empresa ofereceu apenas três exemplos. Um deles foi vídeos que promovem "uma falsa cura milagrosa para uma doença grave".

O Google é basicamente um banco de dados enorme, cheio de consultas de usuários, muitas vezes vinculadas a um endereço do Gmail (que geralmente é vinculado a um número de telefone) e corresponde ao endereço IP do usuário. Não é segredo que o Google, o Facebook e outros corporações dão voluntariamente dados de usuários à NSA . O Google até já tinha, ao mesmo tempo, um servidor Dropbox especial para a NSA

Yahoo e Microsoft também estão vinculados a colaborar com a NSA e distribuir dados sobre cidadãos particulares. A quantidade de dados realmente transmitidos do Google para a NSA não se sabe. No entanto, é uma suposição segura de que a NSA tenha acesso a todos os dados do Google , direta ou indiretamente. Veja mais na sobre a censura aqui

A principal razão para a censura online é evitar o surgimento de visões que vão contra os ideais do partido no poder. Movimentos e grupos são criados on-line, o que pode se tornar muito poderoso contra o sistema, e as mídias sociais e a internet, em geral, são uma ferramenta imensa. Sem isso, não estaríamos conscientes de alguns dos vários escândalos e atrocidades cometidos em todo o mundo. Essas atrocidades acontecem não apenas em países do terceiro mundo com ditadores, mas também nos altos escalões das sociedades ocidentais, incluindo políticos, bancos, executivos de empresas e famílias de elite.

Agora, com vacinas, não somente o deputado Adam Schiff , mas a forças poderosas da grande indústria que tem buscado ativamente a censura da verdade dos anti-vacinas. Eles querem que todos sejam forçados a consumir apenas propaganda pró-vacina, citando os “perigos” da liberdade de expressão online. É um pesadelo orwelliano acreditar que isso seja necessário para promover o “bem maior” - apesar de numerosos surtos no passado terem ocorrido em populações que foram totalmente vacinadas .

Pensamentos Conclusão


Nosso conteúdo aqui do Coletividade Evolutiva, tenho reparado a forma de indexação de nosso conteúdo em relação ao Google, percebi que o nosso conteúdo anti-vacinas, o Google não esta deixando passar para a indexação, porem faço a indexação manualmente, porem vejo que o Google rebaixa o nosso conteúdo nas pesquisas. Estamos travando uma guerra  da informação  contra a desinformação, e com a ajuda de cada membro e leitor poderemos despertar mais pessoas. Sua ajuda é de extrema importância para nós, para que a verdadeira liberdade de expressão não nos seja removidas de forma sútil como esta acontecendo ainda agora, precisamos lutar contra toda essa maquina de maquiar a verdade e de censura, precisamos lutar contra esse roubo de liberdade!


Por isso deixo aqui claro, não sei até quando nossa pagina do Facebook estará no ar, mas pedimos que curta compartilhe o máximo que puder se algum artigo aqui soar bem para você - e o mais importante ,junte-se à nossa lista de e-mails, talvez nunca veja nosso conteúdo valioso novamente via Facebook, Google ou YouTube. A CENSURA já alcançou níveis EXTREME na rede. A verdade está sendo sufocada. Inscreva-se agora se quiser escapar da bolha delirante da falsa realidade sendo pressionada pelo Google e pelo Facebook.Inscreva-se Grátis no nosso boletim informativo de e-mail


Notícia Em: / / / / / / /
Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais