Japão sobe ataque de armas climáticas - O super tufão Trami esta previsto para o Japão - Coletividade Evolutiva

Japão sobe ataque de armas climáticas - O super tufão Trami esta previsto para o Japão


Japão sobe ataque  de armas climáticas - O super tufão Trami esta previsto para o Japão nessePor quanto tempo nosso governo continuará a esconder o ataque de engenharia climática global que estão usando para reduzir a humanidade? Por quanto tempo as populações continuarão a aceitar cegamente a narrativa oficial de mentiras e negação da mídia tradicional em relação às operações de geoengenharia claramente visíveis e racionalmente inegáveis ? Como é possível que a estrutura de poder crie e mantenha a negação oficial de programas de intervenção climática totalmente implantados? Controlando completamente o fluxo de informações , incluindo as próprias previsões meteorológicas. Podem criar situações climáticas tais como secas terremos furacões ou chuvas exageradas, em qualquer parte do mundo.(Repare que estão cada vez mais atacando lugares onde só existem pobres  negros e onde tem as maiores produções de alimentos, ) não é de admirar que eles vem atacando sempre o oeste do japão, você pode repara aqui nessas artigos anteriores das mídias tradicionais todas falando de problemas relacionada ao clima somente nessa região

Com base nestes dados e o constante desenvolvimento tecnológico do país, é difícil enxergar num primeiro momento o outro lado da moeda. Infelizmente, assim como em qualquer lugar do mundo, também existe pobreza no Japão. Este contraste na realidade em umas das cidades mais populosas japonesa é muito mais intenso e presente do que se possa imaginar. Fazendo uma breve análise na população total do país, contatou-se que uma em cada seis pessoas vive abaixo da linha da pobreza. Isso significa que 21 milhões de 128 milhões de pessoas estão abaixo da média nacional, aproximadamente 16,1% da população. 

O bairro de Kamagasaki em Osaka raramente aparece em notícias, e quando acontece os governantes e pessoas influentes fazem com que não seja percebido ou comentado demais.A cidade também foi decretada : um lugar sem nome, com pessoas sem rosto. Mas, para a maior favela do Japão – cujo nome não existe mais oficialmente – o fato de ser ocultada não é novidade. Quem a vê hoje, nem imagina que ela era uma grande vila operária há muitos anos atrás, aparentemente em franca ascensão e com muitas ofertas de empregos. Hoje, ela é uma cidade praticamente habitada por uma população senil, a maioria com mais de 50 anos e boa parte deles, vivem sozinhos, nas ruas ou em pavilhões improvisados.

Dos 30 mil habitantes de Kamagasaki, um terço recebe ajuda previdenciária do governo. No entanto, outros 1.500, vivem à sorte, totalmente desamparados, sem recursos, vivendo em extrema pobreza. Muitos caíram em vícios, especialmente na bebida e é comum vê-los com uma garrafa de saquê nas mãos, perambulando pela cidade, ou dormindo nas ruas com a garrafa ao lado. Doenças crônicas, mentais ou tuberculose correm soltos entre os sem teto.

O  Super Tufão Trami 

Já não bastasse as guerras comerciais, agora também estamos vivendo por todo o mundo uma guerra projetada, com armas de manipulação do clima. Mais uma vez é no Japão, um grande tufão classificado como categoria 2 pela Tropical Storm Risk, tem ventos destrutivos com uma velocidade de (216 km / h). 

É a mais recente tempestade a ameaçar o Japão em um ano, incluindo o castigo do calor, chuvas fortes e deslizamentos de terras que são comuns assim como no Brasil em regiões de população pobres. 

Há menos de um mês, um tufão inundou o aeroporto internacional de Kansai, perto de Osaka, deixando milhares de turistas presos. 

O tufão chamado de Super Tufão Trami está atualmente a 300 km a sudeste da ilha de Miyako. 

Embora a capital japonesa, Tóquio, esteja preparada para chover forte, as previsões atuais mostram que evita um impacto direto. Depois de despejar chuvas torrenciais nas ilhas periféricas, o tufão deve acelerar e se aproximar do oeste do Japão no domingo, permanecendo muito forte à medida que explode no continente. 

"Como é esperado que o tufão atravesse o país em alta velocidade, estamos pedindo que as pessoas sejam vigilantes" nos próximos dias, disse Sakiko Nishioka, da agência meteorológica, à AFP. 

"Por favor, esteja em alerta máximo contra ventos violentos, ondas altas e chuvas fortes", disse a agência em um comunicado. 

Depois de cair chuvas torrenciais nas ilhas periféricas, o tufão deve acelerar e se aproximar do oeste do Japão no domingo, permanecendo muito forte à medida que explode no continente. 

“Olhando fixamente para os olhos de outra tempestade feroz… Super Tufão Trami é imparável e se dirige para o Japão e Taiwan. Fique em segurança! ele escreveu. 

As duas principais companhias aéreas do Japão, JAL e ANA, já começaram a cancelar alguns voos domésticos, desativando mais de 100 deles entre as ilhas. 

Se a previsão se mantiver, será o último de uma série de eventos supostamente naturais extremos a atingir o Japão. 

Jebi, a tempestade mais poderosa a atingir o Japão em 25 anos, trouxe algumas das marés mais altas desde o tufão de 1961 e inundou o aeroporto de Kansai, perto de Osaka, deixando-a fora de serviço por dias. 

Dezessete pessoas morreram na tempestade, cujos ventos fortes fizeram com que as árvores caíssem no chão e os carros passassem pelos estacionamentos. 

Mesmo para uma nação acostumada a desastres, este ano tem sido difícil para o Japão, começando com uma erupção vulcânica em janeiro que fez chover pedras em uma estação de esqui, matando uma delas. 

Julho trouxe um calor recorde que matou pelo menos 80 pessoas e enviou mais de 20 mil para o hospital para tratamento, além de chuvas torrenciais no oeste do Japão que provocaram enchentes e deslizamentos de terra, matando mais de 200 pessoas. 

Apenas dois dias após o ataque de Jebi em setembro, a principal ilha ao norte de Hokkaido foi abalada por um terremoto que provocou deslizamentos de terra, derrubou o poder em toda a ilha e matou pelo menos 44 pessoas.
Se inscreva por e-mail e receba nossas novas atualizações em seu e-mail


Author Image

Autor: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um ávido pensador livre, eu partir em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais


Deixe um comentário sobre isto!