Governo sombrio controlador - como o governo impede os denunciantes de falar a verdade

Governo sombrio controlador - como o governo impede os denunciantes de falar a verdade

A própria palavra“ sigilo ”é repugnante em uma sociedade livre e aberta; e nós somos como um povo inerente e historicamente oposto às sociedades secretas, aos juramentos secretos e aos procedimentos secretos. ”~ John F. Kennedy

John F. Kennedy foi franco contra o governo secreto crescendo por trás das cortinas da democracia americana. Em seu discurso aos editores americanos e à mídia em 1961 , dois anos antes de seu assassinato público, ele comentou sobre a natureza do sigilo e os perigos de permitir que nosso governo funcione sem o nosso consentimento e além de nosso conhecimento, advertindo a imprensa a considerar importância de seu papel em proteger a liberdade americana da emergência do Estado Profundo . Em essência, JFK foi o primeiro grande denunciante americano. 

Hoje, como o mundo depende de todos os lançamentos do Wikileaks , e dos que vêm de Edward Snowden, fica claro que o papel dos denunciantes em nossa sociedade é fundamental para a sobrevivência da liberdade - e também está claro, o público exige a verdade. 

O poder  dos governos contra os denunciantes 

Existe uma força chamada de Elite global que controla tudo e todos, esses manipuladores, que se escondem por trás dos governos e instituições definitivamente preveni e destrói os denunciantes, isso inclui uma contínua táticas de intimidação que são muito eficazes para impedir que os funcionários do governo tornem pública as informações que que alertaria nossa sociedade sobre os planos maquiavélicos contra a sociedade. 

Kevin Shipp, autor de " From the Company Of Shadows "(Da companhia das sombras) e ex-agente da CIA e especialista em antiterrorismo, falou recentemente em um evento de conscientização pública no norte da Califórnia sobre as questões morais que as pessoas enfrentam quando confrontadas com evidências de corrupção estatal. . Ele começa perguntando por que não há mais denunciantes em um mundo onde o sigilo do governo e a atividade secreta se tornaram a norma. 

Kevin Shipp sendo ele uma testemunha que veio de dentro da CIA, ele está diretamente assumindo os riscos associados à exposição da corrupção do governo, ele revela sua visão sobre esta questão, oferecendo uma explicação sólida de por que as pessoas não revelam a verdade sobre as atividades inconstitucionais e imorais de nossos governos. 

De acordo com Kevin Shipp, existe um plano completo em curso que abrange todas as bases de intimidação, assédio corrupção, abusos sexuais etç . Mais a frente falaremos das principais coisas que impedem que mais pessoas denunciarem essa força maligna que se mostra como governos democratas.. 

Essencialmente, para trabalhar para o governo em qualquer capacidade que envolva um dos muitos programas inconstitucionais que ele opera atualmente, os funcionários devem assinar acordos de sigilo vinculativo, nos quais não podem conversar sem ir para a prisão por fazê-lo . Este tipo de acordo foi originalmente concebido como uma maneira de legitimamente proteger fontes, métodos e tecnologia, no entanto, a intenção mudou drasticamente e agora é usada amplamente como uma forma de intimidação usada para ocultar atividades criminosas. 

Esses acordos são confiscos de direitos constitucionais, como o direito a um tribunal de júri, o direito de processar o governo e todos os direitos ao devido processo legal. 

“Existe um mecanismo secreto enorme, gigantesco e complexo no governo dos EUA, chamado de comunidade de inteligência. É tão poderoso que nem o Congresso nem o Senado podem controlá-lo. Na verdade, isso os controla. Faz o que quiser. Eles têm essas investigações no Senado, e eles vêm e dizem: 'desculpe, senador, não podemos dizer o que estamos fazendo porque você não tem autorização da agência.' E é aí que é desligado. ” Kevin Shipp 
Ao usar o privilégio de segredos de estado , que foi criado pelo poder executivo do governo dos EUA, a comunidade de inteligência pode impedir e impedir qualquer investigação sobre questões delicadas, pode impedir a divulgação de informações pertinentes em uma investigação e pode parar qualquer ação judicial que  deseja desligar. 
“O privilégio dos segredos de estado é um privilégio comum que permite ao chefe de um departamento executivo recusar a produção de provas em um processo judicial, alegando que a evidência é informação secreta que prejudicaria a segurança nacional ou interesses de relações estrangeiras se divulgada. . ”[ Fonte

Se alguém insistir em ir a público com segredos de Estado, ou mesmo indicar uma intenção de fazê-lo, há uma série de táticas que podem ser aplicadas para embaraçar, intimidar e penalizá-las diretamente. Isso pode vir na forma de rebaixamento, de dar a alguém tarefas embaraçosas ou comprometedoras, ou intervir diretamente em suas vidas pessoais de formas ilegais, como destruir financeiramente a família bloqueando os fundos de aposentadoria ou elevando as taxas de juros dos empréstimos da união de crédito para que seus veículos e as casas se tornam inacessíveis. 

Eles usam Reeducação Psicológica

Essa ferramenta é usada para desacreditar oficialmente um denunciante em potencial antes que eles realmente se tornem públicos, de modo que, se conseguirem chamar a atenção para uma agência, seu caráter já será difamado e documentado como sendo instável. 
“O que eles farão é dizer, 'podemos ver que você está muito estressado com tudo isso, e queremos ajudá-lo, então, vamos encaminhá-lo para o escritório de serviços médicos então você pode se submeter a algum aconselhamento psicológico para ajudá-lo a dormir à noite e torná-lo melhor e se livrar da sua ansiedade, então, vamos marcar uma consulta para você se encontrar com um psicólogo. 
Agora, onde você acha que vai? A entrevista acabou, o documento é falsificado, "empregado é paranóico, obsessivo-compulsivo e descontente". Isso entra no arquivo, então se alguma vez chegar ao Congresso ou ao Senado ou ao tribunal, eles puxam para fora e dizem: 'bem, ele foi submetido a uma avaliação e eles são basicamente instáveis, fim da história, cale a boca o tá encerrado. ”Kevin Shipp
Investigação interna pelos escritórios de inspetores gerais 

Inspetores-gerais são apresentados como uma salvaguarda objetiva e honesta no processo burocrático, mas isso nem sempre é verdade. 

Quando um caso significativo é apresentado com provas contundentes, é apresentado contra o Estado, o inspetor geral de qualquer agência pode apresentar suas próprias conclusões, alegando que não há problema ou fazer algo errado, e que sua investigação interna não revelou nada. Isso efetivamente impede que qualquer órgão externo consiga examinar completamente as denúncias de denunciantes.

Porque Kevin Shipp, não é silenciado pelas organizações

porque ele sabe as normas da  agência e  sabe  realmente  aonde esse estado de profundidade pode permite ir. Contanto que ele não nomeie essa agência em si, então essa agência permite que ele fale e revele coisas. Kevin chama essa agência O ESTADO DEEP em vez de revelar o nome da agência real.

Contanto que ele não viole nenhum de seus acordos de não divulgação (que abrangem vários tipos de informações classificadas ou outras informações confidenciais) e não revele informações classificadas / confidenciais de maneira prejudicial à segurança nacional. No entanto, essas agencias podem silenciar denunciantes de forma a assassina-las ou oculta-las fazendo com que não deixe rastros do que ouve, nesses casos costuma acontecer antes de tal denunciante chegar ao publico com suas revelações.

Author Image

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais