Ioga para crianças impulsiona hábitos saudáveis

Ioga para crianças impulsiona hábitos saudáveis

Atividades lúdicas ajudam a atrair as crianças 

Respiração, postura, concentração… Será que crianças conseguem praticar ioga? Segundo Cris Pitanga, psicopedagoga educacional e professora de ioga, os pequenos não só podem aderir aos ensinamentos e exercícios, como têm inúmeros benefícios psicológicos e físicos ao se tornarem “yogues”. Para Cris, que também é autora do livro “Yoga para Crianças e seus Benefícios na Infância” (disponível em: www.lp.crispitanga.com.br), as aulas devem ser lúdicas: “a ioga em si trabalha com posturas que são imitações dos elementos da natureza, objetos e animais, e isso já atrai as crianças. Mas, ainda assim é preciso usar recursos como histórias, músicas, jogos e brincadeiras”, salienta. 

Até bebês podem praticar 

Para Juliana Rosa, nutricionista e proprietária da escola Balasana - Yoga Kids Brasil, não existe um padrão ou uma idade certa para a criança iniciar a praticar ioga, tudo vai depender do desenvolvimento de cada indivíduo. Existem aula para bebês, que já começam a fazer os primeiros movimentos aos dois meses, e vão evoluindo conforme a idade e as habilidades desenvolvidas. “Tudo vai depender do método escolhido pelos pais ou cuidadores e dos professores que ministraram as aulas”, salienta. 

Aulas podem se adaptar às necessidades dos alunos 

A ioga é feita para todas as pessoas, isso inclui indivíduos de todos os sexos, idades e corpos. É possível adaptar as aulas de acordo com as necessidades dos alunos. “Não existe nenhuma pessoa que não possa fazer ioga. Eu tenho especialização para atender crianças com necessidades especiais (com paralisia cerebral, autismo e dou, por exemplo), ou seja, a obesidade não é um impedimento”, salienta Juliana. 

Professores precisam estar atentos 

A ioga não tem preconceito: cada um com seu copo, no seu tempo e dentro das suas possibilidades pode evoluir na execução das posturas e movimentos. Mas é responsabilidade do professor se informar do quadro geral de saúde dos alunos. Quando a criança tem algum problema, é preciso solicitar um atestado médico liberando para atividade, como qualquer outro exercício físico. 

Objetos podem ser aliados 

Para crianças com alguma dificuldade, é interessante usar equipamentos que vão ajudar a realizar as posturas. “Quando se usa um aparelho como uma cadeira, a criança vai ter um resultado pela repetição. Usando a parede, o professor pode ajudá-la a fazer coisas que ela não conseguiria sozinha. O trabalho com as posturas e os resultados serão os mesmos de quem não usa nenhum apoio, apenas vai exigir um pouco mais de tempo”, explica Cris. 

Aceitação do próprio corpo é mais um benefício 

Ao praticar as posturas, as crianças também vão aprendendo a gostar mais dos próprios corpos. “Eles vão ficando cada vez melhores, e isso mostra que são capazes. Cada nova conquista é uma felicidade, a comprovação de que podem chegar cada vez mais longe, cada um no seu tempo”, comemora Juliana. 

Ioga além dos músculos 

Muitas vezes as crianças se tornam obesas por questões emocionais: ansiedade, estresse e até raiva podem influenciar na alimentação. Nesses casos, a ioga pode ser uma importante aliada no combate ao excesso de peso, pois entre os vários benefícios que traz para os pequenos, como ganhos no controle motor e tonificação dos músculos, está a mudança de hábitos. “Ao trabalhar as posturas da ioga o sistema nervoso das crianças é impactado, e isso diminui bastante os níveis de ansiedade. Ao reduzir esse problema a criança vai diminuir a ingestão calórica, trazendo benefícios para corpo”, salienta Juliana. 

Vida saudável passa por uma alimentação balanceada 

A disciplina e o autocontrole ensinados na ioga também ajudam as crianças a conviverem melhor com outros âmbitos da vida, como a alimentação. “Eles acabam tendo uma consciência maior da importância deles no mundo e passam a cuidar melhor da alimentação, pois percebem a necessidade de ter um corpo e uma vida saudável”, comenta Juliana. “Eu não acredito na ioga só como exercício e brincadeira. A criança pode se transformar com essa filosofia”, afirma Cris. 

Fonte: Msn.com
Author Image

Autor: Coletividade Evolutiva
O CE é projetado como uma ferramenta para nos fazer avançar e começar a fazer coisas juntos. Alguns dos primeiros passos na criação de mudança está começando a reunir conhecimento e conhecimento sobre o que está acontecendo para que saibamos onde queremos ir. Saber Mais