A farsa da medicina farmacêutica moderna - será que estão vendendo saúde?

A farsa da medicina farmacêutica moderna -  será que estão vendendo saúde?

Como Sayer Ji argumenta , a medicina moderna se baseia na noção errônea de que o corpo humano é incapaz de auto-restauração. "Dentro de nosso atual sistema médico dominante, a cura não foi simplesmente esquecida, mas intencionalmente exorcizada , pois representa a antítese da lucratividade perpétua, que requer a incurabilidade do corpo humano", 

A medicina moderna não quer mais a cura das pessoas, mas sim querem torna-las totalmente dependentes da química, para ser mais claro aqui, querem manter-nos doentes até o fim de nossas vidas. A medicina de hoje, é um grande negocio como qualquer outro, toda empresa quer ver seus lucros subirem, sem ligar para as consequências, contanto que alcance seus objetivos, - e é bem ai que entramos no mundo da ilusão do nosso bem está, são todos hipócritas, assim como as empresas de vacinas. 
Desde a Grécia Antiga, com Hipócrates, estabeleceu-se como princípio basilar das práticas de cura que, primeiramente, não se deve causar mal ao paciente. Hoje sabe-se que qualquer tratamento com potencial para curar tem também potencial iatrogênico. As pesquisas indicam que tratamentos em saúde mental provocam piora do quadro clínico do paciente em até 10% dos casos. Contudo, neste campo, a pesquisa sobre o tema pouco avançou, enfrentando forte resistência por parte dos profissionais da área, que dão mais ênfase às pesquisas sobre os efeitos terapêuticos de suas práticas, apresentando pouca familiaridade com a questão das iatrogenias. Fonte

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias Farmacêuticas (Abifarma), todo ano, cerca de 20 mil pessoas morrem, no País, vítimas da automedicação. Estima-se que 786.000 americanos morrem a cada ano de causas iatrogênicas. Isso significa que milhares de pessoas estão morrendo de doenças causadas pelos medicamentos ou outros tratamentos prescritos pelos profissionais de saúde. 

E isso é apenas uma estimativa: em um mundo onde os médicos têm cada vez menos conhecimento básico, como nutrição, pode-se imaginar se o número de mortes iatrogênicas é muito maior do que o atualmente reconhecido. Muitos produtos farmacêuticos causam outros problemas de saúde - que resultam na “necessidade” de mais medicamentos. 

Isso parece de alguma forma um grande holocausto silencioso que esta ocorrendo em todo o mundo não é mesmo?

O valor da boa nutrição e da fitoterapia tem sido obscurecido ao ponto de alguns profissionais rejeitarem a ideia de que a nutrição tem qualidades curativas. Muitas organizações de “saúde” admitem que uma boa nutrição e um estilo de vida saudável podem ajudar a prevenir doenças como diabetes e doenças cardíacas - mas praticamente ninguém na indústria médica está disposto a discutir que a nutrição pode ajudar a curar essas condições também.

No caso de pessoas com diabetes tipo 2, a pesquisa confirmou que a dieta e o exercício são melhores modalidades de tratamento do que os produtos farmacêuticos - embora a maioria das pessoas ainda dependa de produtos farmacêuticos para tratar sua condição. Até mesmo a Associação Americana de Diabetes admitiu que o diabetes tipo 2 poderia ser revertido com dieta e perda de peso - então por que os medicamentos prescritos ainda são recomendados? Leia outros estudos já publicados de inversão e curas para o diabetes.

A Big Pharma e sua turma assumiram o controle de tudo, por assim dizer - na medida em que a FDA pode prender pessoas por vender produtos naturais. É um verdadeiro paradoxo: em muitos casos, as drogas da Big Pharma são nada mais do que versões sintéticas de plantas, ervas, vitaminas e minerais que a ciência confirmou serem eficazes. No entanto, apenas um pode ser vendido como “remédio”. Muitas plantas medicinais proibidas, como maconha e kratom, estão sendo sintetizadas para obter lucros pela Big Pharma .

“Acredito que é somente através da disseminação livre, não censurada e democrática de informações de saúde que podemos garantir nossa liberdade de saúde e falar a verdade ao poder, expor a fraude que é uma medicina estritamente farmacêutica baseada no lucro”.

Em última análise, a indústria farmacêutica não quer que as pessoas sejam saudáveis - elas querem que as pessoas lhes deem o seu dinheiro suado. Ao lado de seus amigos do governo, o complexo industrial farmacêutico tomou conta do mundo da medicina e transformou-o em um negócio de tráfico de doenças. E eles ocultaram remédios verdadeiros ao longo do caminho.
Author Image

Autor: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Finalmente, como muitos de vocês, eu min sentir carregado, irritado e descrente, e decidir parar de assistir, e fazer algo positivo para ajudar a mudar o status do qual viv emos. Esse foi o dia em que o Coletividade Evolutiva nasceu! Saber Mais