Paracetamol na gravidez aumenta risco de atraso de linguagem

Compartilhe
Paracetamol na gravidez aumenta risco de atraso de linguagem

Novo estudo publicado na revista European Psychiatry ,revela que o paracetamol causa maior risco de atraso de linguagem na gravidez.
Os pesquisadores entrevistaram 754 mulheres entre a oistava e 13°
Semana de gravidez - Elas responderam perguntas sobre a frequência com que usavam o paracetamol, um remédio vendido sem receita, comumente utilizado para amenizar a dor e febre, na gravidez. Elas também forneceram amostras de urina, que foram analisadas para a concentração de paracetamol.

O uso de paracetamol durante o início da gravidez foi comum: 59% das mulheres recorreram ao remédio pelo menos uma vez no primeiro trimestre e algumas relataram tomar até 100 comprimidos no mesmo período. As voluntárias foram divididas em dois grupos: as que tomaram paracetamol mais de seis vezes desde que ficaram grávidas e as que nunca tomaram.

De acordo com os resultados, 10% das crianças no estudo tiveram atraso de linguagem aos 30 meses. As meninas nascidas de mães pertencentes ao grupo com alto consumo de paracetamol foram quase seis vezes mais propensas a ter atrasos de linguagem do que as meninas cujas mães não tomavam o remédio. Quanto mais comprimidos as mulheres relatavam tomar e quanto maior os níveis detectados na urina, maior o risco de atraso na linguagem.

Os pesquisadores ainda não sabem porque o uso do paracetamol durante a gravidez parece afetar os fetos do sexo masculino e feminino de forma diferente. Outras pesquisas já relacionaram o uso de paracetamol na gravidez e QI mais baixo. O medicamento na gestação também já foi associado a taxas mais altas de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade na infância.

De acordo com o Centro para Controle e Prevenção de Doenças, o CDC, 65% das mulheres grávidas nos Estados Unidos usam paracetamol durante a gravidez. Muitas vezes, o medicamento é considerado seguro pelos médicos para ser utilizado nesse período — uma vez que a febre também pode ser perigosa para as mães e seus bebês.
Refencia;
Veja.com

Você pode nos ajudar e ajudar você mesmo, comprando o E-book (Cultivando Horta Orgânica)- Nessa "pandemia" um colapso está chegando, principalmente de alimentos, - Cultive seus próprios alimentos em casa enquanto há tempo, mesmo sendo iniciante produza alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos e fique preparado para o colapso...Comprar E-book

Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Por favor, considere apoiar o nosso site.Fazer uma doação!
Compartilhe
Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram
Tags: , , , ,