Estudos provam o quanto é benéfico fazer caminhadas diariamente


Já muitos estudos provam que fazer uma bela caminhada trás diversos benefícios, mas de acordo com pesquisadores de varias universidades da Inglaterra, pessoas que experimentarão no minimo 30 minutos de exposição na natureza tiveram um estado de espirito melhorado ou bem esta mental. Em comparação com aqueles que só ficaram em jardins parques na cidade, ou seja as pessoas que viajaram para locais rurais relataram maior satisfação psicológica. Então se puder tirar um tempo para ir para a natureza recomendo que o faça, alem disso vamos ver os seguintes estudos que mostra também os benefícios de fazer caminhadas regularmente ,que segue abaixo

As diretrizes de saúde nos aconselham a gastar pelo menos duas horas e meia por semana em atividade de intensidade moderada. Para muitas pessoas, isso significa andar, o que não requer nenhum equipamento especial ou treinamento. Mas, mesmo que você não consiga acumular esses 150 minutos, se você fazer um estabelecimento de uma rotina de caminhada regular pode prolongar sua vida, sugere um estudo publicado on-line em 19 de outubro de 2017 pelo American Journal of Preventive Medicine .

Os pesquisadores analisaram dados em cerca de 140.000 adultos (idade média de aproximadamente 70) que responderam questionários sobre seus hábitos de exercício ao longo de 13 anos. As pessoas que estavam inativas tinham 26% mais chances de morrer durante o período de estudo em comparação com pessoas que faziam caminhadas (até duas horas por semana) como sua única forma de atividade. E as pessoas que caminharam mais - pelo menos duas horas por semana - diminuíram ainda mais os riscos.

 O estudo é observacional e não prova que andar manteve as pessoas mais vivas durante o estudo. Contudo, sabemos que caminhar está associado a um menor risco de desenvolver hipertensão arterial, colesterol alto, doenças cardíacas, câncer e diabetes. Se você não quer caminhar em clima frio, tente caminhar em um shopping  ou use uma esteira em  casa.


Mais estudos 

Há boas notícias também para os idosos que têm problemas para atingir os 150 minutos recomendados de exercícios por semana: outro estudo sugere que fazer tão pouco quanto 48 minutos pode ajudar alguns adultos mais velhos.

A pesquisa, publicada on-line em 18 de agosto de 2017, pelo PLOS ONE , avaliou como diferentes quantidades de exercícios beneficiaram aproximadamente 1.700 adultos entre 70 e 89. Os escolhidos menos de 20 minutos de atividade física por semana e estavam com alto risco de mobilidade problemas.

A metade do grupo foi atribuída aleatoriamente para fazer um programa de exercícios de 20 minutos duas vezes por semana, o que consistiu em 10 minutos de caminhada seguido de 10 minutos de treinamento de resistência do corpo inferior com pesos de tornozelo, exercícios de equilíbrio e uma rotina de alongamento.

O grupo de exercícios também realizou exercícios em casa adicionais como puderam, e usou um acelerômetro para medir seus movimentos diários. A outra metade participou de oficinas regulares de educação em saúde que abordavam tópicos como nutrição, segurança de viagem e negociação do sistema de saúde.

Após seis meses, o grupo de exercícios apresentou melhora significativa na velocidade de caminhada em mais de 400 metros, obteve maior pontuação nos testes de mobilidade e equilíbrio e caminhava mais   do que o grupo que não fez os treinos. O benefício também continuou nos seguimentos de um e dois anos. Enquanto todos os participantes que adicionaram alguma atividade viram melhorias, aqueles que participaram de pelo menos 48 minutos por semana tiveram o maior benefício.
Author Image

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais