Uma pílula digital "rastreável" aprovada pela FDA transmite informações para seus médicos e outros - Coletividade Evolutiva

Uma pílula digital "rastreável" aprovada pela FDA transmite informações para seus médicos e outros

Uma nova pílula "rastreável" aprovada pela FDA transmite informações - isso irá irritar você se você não tomar seus medicamentos
Uma nova pílula "rastreável" aprovada pela FDA transmite informações - isso irá irritar você se você não tomar seus medicamentos

Os anúncios de medicamentos prescritos estão em todo lugar. Você não pode assistir a um evento esportivo sem ver uma propaganda sobre um tratamento para disfunção erétil, colesterol alto, pressão alta ou dor nas articulações.
O marketing de drogas é um grande negócio, e as empresas estão dispostas a gastar muito dinheiro para lhe oferecer uma solução fácil para um problema de saúde que você pode ou não ter. Os homens mais velhos são um alvo privilegiado para os anúncios de medicamentos prescritos, uma vez que são propensos a múltiplas condições crônicas de saúde, mas devem abordá-los criticamente como recurso de informação e não como respostas a perguntas sobre tratamento" . Agora parece que a Big Pharma quer arrumar um jeito de novo forçar as pessoas a tomarem seus medicamentos prescritos .

De acordo com um relatório do jornal dos EUA New York Times, a agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, que se chama US Food and Drug Administration (FDA), aprovou recentemente uma pílula digital, com um sensor projetado para informar os médicos se seus pacientes então tomando os medicamentos. A aprovação dessa pílula que eu pessoalmente a chamo de invasão de privacidade, controle, de vida, localização etç... 

A pílula, chamada Abilify MyCite, é uma versão modificada da droga Otsuka Pharmaceutical Abilify que é usada no tratamento de esquizofrenia, transtorno bipolar e depressão. Está equipado com um pequeno dispositivo de rastreamento desenvolvido pela Proteus Digital Health. A nova pílula de rastreamento funciona transmitindo uma mensagem do sensor para um patch wearable, que então envia dados para um aplicativo móvel para permitir aos pacientes monitorar a ingestão de drogas em seu smartphone.

Os pacientes que concordam em tomar a pílula de rastreamento podem assinar formulários de consentimento que permitem que seus prestadores de cuidados de saúde e até quatro outras pessoas, incluindo os membros da família, recebam informações sobre a data e hora em que os medicamentos são ingeridos. A tecnologia atualmente não é aprovada para pacientes que sofrem de psicose relacionada à demência.

Mitchell Mathis, do Centro de Avaliação e Pesquisa de Medicamentos da FDA, diz que a FDA apoia o desenvolvimento e o uso de novas tecnologias em medicamentos prescritos e está empenhada em trabalhar com empresas para entender como a tecnologia pode beneficiar pacientes e prescritores"

A aprovação da FDA pode exacerbar a paranóia em pacientes, advertem os especialistas

A aprovação da FDA mostra um interesse grande de monitoramento de pessoas, e também de preocupações éticas . Como por exemplo: A American Psychiatric Association enfatizou a importância do equilíbrio entre os cuidados psiquiátricos e a privacidade do paciente. Do mesmo modo, um especialista advertiu que a nova pílula de rastreamento pode aumentar a adesão à droga, mas também pode ser condenada a uma falha na devolução devido, em parte, aos problemas de confiança. O Dr. Peter Kramer, um psiquiatra e o autor de "Listening to Prozac", também adverte que a nova tecnologia parece coagir apesar de ser tecnicamente ética. 

O Dr. Paul Appelbaum, diretor de direito, ética e psiquiatria no departamento de psiquiatria da Universidade de Columbia ,disse: "Os distúrbios psicóticos são muitas vezes caracterizados por algum grau de paranóia, muitas vezes atingindo proporções delirantes, nos quais os pacientes podem acreditar que as forças externas estão tentando monitorá-las e controlá-las, inclusive controlar as mentes ou corpos ou prejudicá-los de alguma maneira. A idéia de que estamos dando a esse grupo de pacientes uma pílula que, de fato, transmite informações sobre elas desde dentro do corpo até as pessoas envolvidas no tratamento quase parece uma confirmação das piores paranóias dos piores pacientes."


Se inscreva por e-mail e receba nossas novas atualizações em seu e-mail


Author Image

Autor: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um ávido pensador livre, eu partir em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais


Deixe um comentário sobre isto!